O Reino de Zimbábue #67


O Reino de Zimbábue foi um dos maiores reinos do sul da África! 🌍


Emergindo entre os séculos 13 - 15, tinha uma população de até 20 mil pessoas. Graças ao comércio de ouro e marfim, os produtos do Zimbábue eram transportados através do Oceano Índico até Pequim e Veneza.


O Grande Zimbábue era controlado por um rei e uma corte aristocrática, morando em casas de pedra em cima de uma colina.


As casas de pedra acabaram por nomear o atual país: “Zimbábue” na língua xona, significa "casa das pedras" 🪨


Na base da colina, morava a população, que vivia do trabalho com a mineração, gado e marfim.


O reino do Zimbábue possuía mais de 150 estados tributários, com chefes locais que controlavam o acesso aos recursos.


A sociedade era normalmente comandada por homens, representantes de famílias reais.


Em torno do ano de 1450, outros reinos no sul africano tornaram-se mais ricos que o de Zimbábue, como o Reino de Monomotapa.


Somado com a erosão do solo, o Grande Zimbábue foi gradualmente abandonado.


Os reinos do sul da África permaneceram famosos entre comerciantes de toda a Eurásia, porém, com a chegada portuguesa na região, tudo mudaria.


Muitas cidades do leste e sul africano foram queimadas e reduzidas às cinzas pelos portugueses.


Buscando evitar conflitos, muitos reinos africanos diminuíram em população e economia


No século 19, com a colonização da África, criou-se uma interpretação que o sul africano nunca tivesse comportado grandes cidades, reinos ou povoados.


Muitos artefatos construídos em ouro no século 15, foram derretidos e transformados em barras de ouro por arqueólogos e empresários europeus 😪


Apenas a partir de 1980, com a independência do Zimbábue, esse panorama tem mudado.


____________________


Se curte o conteúdo do Geo, agradecemos quem contribuir com nossa campanha mensal no:


Picpay: https://picpay.me/geopizza

Apoia.se: https://apoia.se/geopizza

ou Patreon: https://patreon.com/geopizza


____________________




Dicas Culturais:


Documentario Great Zimbabwe & The First Cities of Southern Africa

https://www.youtube.com/watch?v=CdKD4-fVnyE&ab_channel=HistoryTime



Quadrinho The Secret of Great Zimbabwe: The Adventures of Zizi & !Xau


O documentário "The Lost City Of Zimbabwe": https://www.youtube.com/watch?v=lnC9UsZjsTU&ab_channel=Timeline-



Artigo das "bolinhas de vidro" Glass Trade Beads:

Artigo 1:

http://theappendix.net/issues/2014/1/trade-tales-and-tiny-trails-glass-beads-in-the-kalahari-desert


Artigo 2:

https://heritagesciencejournal.springeropen.com/articles/10.1186/s40494-016-0113-2

Fontes: Artigo Mapungubwe and the Origins of the Zimbabwe Culture Livro:

Great Zimbabwe, de Martin Hall and Rebecca Stefoff: https://books.google.com.br/books/about/Great_Zimbabwe.html?id=xaVWJCHi7qcC&redir_esc=y Quem construiu o grande Zimbábue? Em torno do mito da incapacidade civilizadora dos povos africanos de José Henrique Rollo Gonçalves https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/Dialogos/article/view/38025 Schrona https://www.researchgate.net/figure/Schroda-the-Zhizo-capital-from-AD-900-to-1000_fig1_261827071


https://purl.pt/7030/3/l-79462-p/l-79462-p_item3/index.html

Portugueses no Zimbábue: https://digitalis-dsp.uc.pt/bitstream/10316.2/35399/738/UCSIB-39-680-THE-1896-REF_0003_301-351_t24-C-R0120.pdf?ln=eng


Perípecio do Mar Eritreu http://www.koreascience.or.kr/article/JAKO201630932413446.pdf



Descrições de Duarte Barbosa:

http://psimg.jstor.org/fsi/img/pdf/t0/10.5555/al.ch.document.sip100025_final.pdf

https://southafrica.co.za/mapungubwe-hill.html

https://southafrica.co.za/mapungubwe-national-park.html