O Recife com Maurício de Nassau #57

Por 7 anos, o alemão Maurício de Nassau governou o Brasil Holandês 🇳🇱


No seu governo, as ruas de Recife foram pavimentadas, pontes foram construídas, além de palácios, jardins e até um observatório astronômico.


Recife, antes um pequeno povoado, agora era uma cidade de mais de 20 mil habitantes.


Mesmo repleto de obras públicas, a sociedade brasileira estava repleta de crises econômicas e guerras ⚔️


Não havia terreno vago para novos moradores, gerando casos de cólera, sífilis e fome.


Nassau tentava conciliar os choques culturais entre portugueses e neerlandeses, mas sem sucesso.


O objetivo inicial da Companhia das Índias Ocidentais Holandesa era tornar o Brasil uma terra de comércio entre a Europa e a América. Mas seria isso possível?


Antes de partir dos Países Baixos, Nassau era um oposicionista da escravidão e da indústria açucareira, mas ao chegar no Brasil, intensificou o tráfico de escravizados e reconstruiu engenhos.


Ao longo dos anos, os gastos de Nassau endividaram o Brasil e os Países Baixos, que optou por retirá-lo do cargo em 1637.

Dicas Culturais:


Mapa de Recife Legendado



Pintura Mercado de Escravos






Site Interativo Recife Holandês e hoje


Mangá Berserk


Anime histórico - Thermae Romae



Fontes:

Livros: Evaldo Cabral de Mello - Nassau_ Governador do Brasil holandês-Companhia das Letras (2011) Evaldo Cabral de Mello - O negócio do Brasil_ Portugal, os Países Baixos e o Nordeste, 1641-1669-Companhia das Letras (2011)


PDFS:


"Tapuias":

http://biblioteca.funai.gov.br/media/pdf/TESES/MFN-12944.pdf


Urbanização de Recife:

https://www.labgrafufpe.com/uploads/9/7/5/2/97526188/2015_vlaamse_stad_caracteriza%C3%A7%C3%A3o_da_urbaniza%C3%A7%C3%A3o.pdf