Do Nazismo à Nasa: Werner Von Braun #Geopizza 40

Com a derrota da Alemanha na Primeira Guerra Mundial, o país foi submetido ao Tratado de Versalhes, desmantelando seu exército, sua indústria e obrigando-a a pagar uma quantidade bilionária aos Aliados como indenização.


De 1922 - 1923 a Alemanha enfrentou uma crise econômica sem precedentes: a fome voltou a ser uma realidade, somado a uma crise política entre diversos partidos comunistas e conservadores.


Nossa 40º edição está no ar!


Escute no Spotify, Apple Music, Deezer ou Google Podcasts.


Nesse contexto, o Partido nazista foi fundado em 1922, trabalhando junto com a organização paramilitar SS a partir de 1925 para tornar-se unipartidário no país.


O partido fechou o parlamento alemão em 1933 e oficializou uma política de hegemonia racial, com novos investimentos na indústria bélica e militar, preparando-se para um possível "revanche" contra os aliados, principalmente através do uso de foguetes.


O engenheiro alemão Werner Von Braun, descendente da nobreza prussiana era uma das principais referências na Alemanha na fabricação de foguetes - tecnologias novas que poderiam tanto transportar uma pessoa, uma bomba, ou uma ogiva nuclear.


Von Braun trabalhou para a Alemanha durante mais de uma década na fabricação de misseis teleguiados e na fabricação de combustível de diversas aeronaves alemães.


Com o início da 2º Guerra Mundial, o engenheiro filiou-se à SS e também coordenou fábricas que empregavam trabalho escravizado de judeus e eslavos na fabricação de seu foguete V-2, programado para bombardear a Inglaterra e a França.


As condições de trabalho do V-2 levavam a morte de dezenas de prisioneiros todos os dias, principalmente no campo de concentração de Mittelbau-Dora


Ao total, a arma matou mais pessoas em sua construção do que durante seu uso, com 20 mil vítimas em fabricação, enquanto quando foi lançada na Inglaterra fez 8 mil vítimas.


Após a derrota Alemã na 2º Guerra Mundial, a carreira de Von Braun não acabou, muito pelo contrário.


Ele e sua equipe receberam anistia dos Estados Unidos e foram levados a América para trabalhar no aperfeiçoamento do V-2, para espionar ou atacar sua rival, a União Soviética.


Fontes:

República de Weimar:

https://bit.ly/3mUZsuM, https://bit.ly/36NXlTJ e https://bit.ly/3mNAKw4


Biografia de Von Braun:

Livro "Von Braun, dreamer of space, engineer of War" de Michael Neufeld


Mapa dos ataques do V-2 em Londres:

https://bit.ly/33PzP6P