• Geopizza | Rodrigo Zottis

A Operação Prato Pt1: Os ataques – Geopizza # 16

Desde a invenção da escrita há registros de acontecimentos sem explicações lógicas, levando o ser humano a formular histórias fantásticas para convencer sua mente. Antigamente, a Aurora Boreal era visto como uma manifestação divina, o início do desenvolvimento de aviões stealth em 1960 eram vistos como OVNIS. Contudo, até hoje há fenômenos não há explicações, como o Raio Globular, quando raios em formato circular pairam sobre o chão e mais tarde desaparecem. Um dos fenômenos que ainda não há explicação foi algo que ocorreu no interior do Pará, de 1977 até 1980, em militares, médicos, jornalistas e cidadãos comuns na cidade de Colares e Viseu observaram acontecimentos estranhos durante a noite em toda a região. Centenas de vítimas apareceram com ferimentos homogêneos, obrigando o então Governo Militar a abrir uma investigação sobre o ocorrido, junto com Serviço Nacional de Inteligência, a Operação Prato. O episódio contou com algumas mortes, humanas e de animais. Até hoje, alguns moradores das cidades têm traumas desse ocorrido que já faz mais de 40 anos. As luzes que apareceram no interior do Pará, já foram relatadas em quase todo o Norte brasileiro. A Operação Prato rendeu mais de 20 horas de gravações em vídeo e centenas de fotos. Seria tudo isso fruto de surto coletivo e farsa? Nessa 16º edição do Geopizza, Zottis e Alexander, 2 mentes céticas e científicas vão (de novo) no interior do Pará analisar o que pode ter sido a Operação Prato, um dos maiores eventos ufológicos do Brasil que ainda não possui explicação formal.

Obs: O Cardápio da Semana ficou na parte 2 do podcast!

Escute o podcast também no no: Spotify: https://spoti.fi/2NJLR91 Google podcasts: https://bit.ly/34zCuje Apple Music: https://apple.co/2ItQEJT Deezer: https://bit.ly/35c4Fpl Listen Notes: https://bit.ly/2NHTIEe Chartable: https://bit.ly/32fF6RL

Auxilie o Geo a produzir mais conteúdo através do apoia.se/geopizza ou do picpay.me/geopizza

#Podcast

  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco